MUNICIPAIS

CARTA I

ze.sa.fernandes.lx@gmail.com

Samedi 12 septembre 2009 17h22

Dr Sá Fernandes,

Venho contactá-lo por este meio pouco formal e num período em que deve estar ocupadissimo mas, como dirigi uma carta a certos residentes onde abordo a acção dum serviço camarário de que o Doutor tem a incumbência como vereador não posso deixar de o pôr a par desde já.

Contudo, está programado pela associação A Animal, (e uma outra francesa), após as eleições, apresentar-lhe e expor-lhe um dossier sobre os pombais contraceptivos e colocar o problema do massacre dos pombos em Lisboa pelos serviços camarários.

Estando actualmente em Lisboa, julguei ter recuado no tempo e voltado aos métodos bárbaros utilizados há alguns anos atrás em certas cidades estrangeiras ! E mais espantada fiquei ao consultar o site da CML e ver na rúbrica « cidade limpa » que os pombos parecem constituir o maior perigo sanitário do planeta !

Contactei o serviço responsável, que visivelmente conhece a existência do método dos pombais contraceptivos, « mas está fora de questão » !.O que me disseram praticar em nada corresponde à realidade. O milho contraceptivo, raramente é dado. Com efeito, geralmente é milho normal, utilisado como « isca ». apenas para fidelizar os pombos em certos pontos e assim poderem efectuar capturas maciças com redes. São depois asfixiados … com gás carbónico !! E

Com o medo que fazem à população, alguns moradores apresentam queixas alegando doenças, ou sujidade o que « justifica » essas capturas. Se alguns têm conhecimento disso fecham os olhos, outros aplaudem e pedem bis. Talvez o 25 de Abril não tenha passado por cá e ainda se esteja mesmo no tempo dos auto-da-fé !

Assumi a defesa destes animais « bec et ongles », tentando evitar que se reproduzam, mas também que sejam massacrados. Permito-me pois, enviar ao doutor a carta acima mencionada, em fichier anexo, pelo qual poderá tomar conhecimento dos pombais contraceptivos-que dão óptimos resultados, e que (em Roterdão e Amsterdão) são verdadeiras obras vanguardistas. Em Paris, por ex – no 6° bairro, numa primeira fase, houve o chamado pombal do Senado ; desde então dois outros pombais foram instalados no Jardim do Luxembourgo, graças a B. Delanoé, Yves Contassot, em parceria com mairies de bairros e sob o impulso de associações.

Como Portugal faz parte da Europa e pude constatar estar o doutor a transformar certos hábitos (vias cicláveis, espaços de estacionamento para duas rodas, valorização de espaços verdes etc.), estou segura que ao tomar conhecimento deste método, tomará uma decisão neste sentido após as eleições, perante um dossier mais completo apresentado pela Animal. Até lá, peço-lhe encarecidamente que mande parar a captura dos pombos.

Agradecendo desde já, apresento-lhe os meus cordiais cumprimentos

Antonieta Moutinho Möellon

PS – O futuro dossier mencionará muitos artigos de peritos estrangeiros : franceses, alemães, australianos, FAO, etc.Igualmente muitas outras fotografias, assim como apresentação da estrura, montagem, preços (em França)

Lisboa, 11 Setembro 2009

1 Fichier joint| 254Ko

 

 

CARTA II

À :

Ce mail est affecté d’une étoile.

Lundi 21 février 2011 17h0

Exmo Sr. VereadorDr. José Sá Fernandes,

Tinha-o contactado há já algum tempo a propósito dos pombais contraceptivos.

O precedente presidente da  associação “A Animal”, bastante sensível ao problema, havia previsto ocupar-se do dossier  logo após as eleições municipais.
Infelizmente, por razões pessoais abandonou o cargo.

Como as démarches estão a arrastar-se e, tendo o patrocínio de três associações francesas que não só me encorajam, como me enviam material para um site em português e igualmente para o apresentar às autoridades competentes, venho dirigir-me a Va Exa a fim de lhe pedir que me acorde uma reunião logo que lhe  seja possível.

Agradecendo desde já, fico ao dispor para a data que mais lhe convier.

Com os meus melhores cumprimentos

Antonieta Moellon

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s